sábado, 25 de Dezembro de 2010

"DESTRALHAR AJUDA A ADOCICAR"

A Cecília enviou-me este texto por email e não resisti em publicá-lo no blog da avó Guida ainda temos tempo para destralhar e começar o novo ano cheio de espaço para os nossos sonhos e as novas ideias.
eu vou nessa...

"DESTRALHE-SE"
(por Carlos Solano)
"-Bom dia, como tá a alegria"? Diz dona Francisca, minha faxineira rezadeira, que acaba de chegar.
"-Antes de dar uma benzida na casa, deixa eu te dar um abraço que preste!" e ela me apertou.
Na matemática de dona Francisca, "quatro abraços por dia dão para sobreviver; oito ajudam a nos manter vivos; 12 fazem a vida prosperar".
Falando nisso, "vida nenhuma prospera se estiver pesada e intoxicada". Já ouviu falar em toxinas da casa?
Pois são:
- objetos que você não usa,
- roupas que você não gosta ou não usa há um ano,
- coisas feias,
- coisas quebradas, lascadas ou rachadas,
- velhas cartas, bilhetes,
- plantas mortas ou doentes,
- recibos/jornais/revistas, antigos,
- remédios vencidos,
- meias velhas, furadas,
- sapatos estragados...
Ufa, que peso! "O que está fora está dentro e isso afeta a saúde", aprendi com dona Francisca. "Saúde é o que interessa. O resto não tem pressa!", ela diz, enquanto me ajuda a 'destralhar', ou liberar as tralhas da casa...
O 'destralhamento' é a forma mais rápidas de transformar a vida e ajuda as outras eventuais terapias. Com o destralhamento:
- A saúde melhora;
- A criatividade cresce;
- Os relacionamentos se aprimoram...
É comum se sentir cansado, deprimido, desanimado, em um ambiente cheio de entulho, pois "existem fios invisíveis que nos ligam à tudo aquilo que possuímos".
Outros possíveis efeitos do "acúmulo e da bagunça":
- sentir-se desorganizado;
- fracassado;
- limitado;
- aumento de peso;
- apegado ao passado...
No porão e no sótão, as tralhas viram sobrecarga; Na entrada, restringem o fluxo da vida; Empilhadas no chão, nos puxam para baixo; Acima de nós, são dores de cabeça;
"Sob a cama, poluem o sono".
"Oito horas, para trabalhar; Oito horas, para descansar; Oito horas, para se cuidar."
Perguntinhas úteis na hora de destralhar-se:
- Por que estou guardando isso?
- Será que tem a ver comigo hoje?
- O que vou sentir ao liberar isto?
...e vá fazendo pilhas separadas...
- Para doar!
- Para jogar fora!
Para destralhar mais:
- livre-se de barulhos,
- das luzes fortes,
- das cores berrantes,
- dos odores químicos,
- dos revestimentos sintéticos...
e também...
- libere mágoas,
- pare de fumar,
- diminua o uso da carne,
- termine projetos inacabados.
"Se deixas sair o que está em ti, o que deixas sair te salvará.. Se não deixas sair o que está em ti, o que não deixas sair te destruirá", Arremata o mestre Jesus, no evangelho de Tomé.
"Acumular nos dá a sensação de permanência, apesar de a vida ser impermanente", diz a sabedoria oriental. O Ocidente resiste a essa idéia e, assim, perde contato com o sagrado instante presente.
Dona Francisca me conta que "as frutas nascem azedas e no pé, vão ficando docinhas com o tempo". A gente deveria de ser assim, ela diz: "Destralhar ajuda a adocicar."
Se os sábios concordam, quem sou eu para discordar.???..

segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

Dia da Poesia 21/03/2010

De autoria da aminha amiga Áurea na celebração do dia da poesia em 21 de Março de 2010
Que estejas feliz onde te encontrares.

Dia da Poesia

Este dia da poedia
Também devia ser do fado
Estão os dois em sintonia
E caminham lado, a lado.

O Poeta é um sonhador
Passa noites sem dormir
Ele escreve com amor
Quantas vezes em sua dor
Escreve o que está a sentir

Ser poeta! É ir mais longe
É sonhar com as estrelas
É trazer no coração
Bem juntinho em união
O amor de muitas elas

Quando gostamos de alguém
E esse alguém nos é querido
A vida vai mais além
Digo até! Tem mais sentido!!!

Quem viver com dignidade
Tem valiosa virtude
Se lhe juntar humildade
Tem uma nobre atitude!

Nesta vida se andas triste
E a vives a chorar
Porque o amor não te assist!
Mas mesmo assim não desiste
Só para te chatear...

Acaba com tudo e diz
Pára! Não quero sofrer!
Ainda és aprendiz
Tens muito para viver..


P'lo amr damos a alma
E também o coração
Tudo em nós é encanto
Anulamo-nos do pranto
Ás vezes! Com ilusão.

Hoje também é o dia
Em que chega a Primavera
Estação que trás magia
Muitas flores com alegria
Pois já há tempo, se espera

Viva o dia da Poesia
Viva o dia do Amor
Viva o dia da Alegria
Viva a Folia
Viva o dia do Senhor...

Bjs
(Áurea da Mata)

Se me amas não chores

Se conhecesses o mistério imenso do Céu onde agora vivo,
este horizonte sem fim,
esta luz que tudo reveste e penetra,
 não chorarias, se me amas!
Estou absorvido no encanto de Deus, na sua infindável beleza.
Permanece em mim o teu amor, uma enorme ternura que nem tu consegues imaginar.
Vivo numa alegria puríssima.
Nas angústias do tempo pensa nesta casa onde um dia estaremos reunidos para além da morte,
matando a sede na fonte inesgotável da alegria e do amor infinito.
Não chores  se verdadeiramente me amas.

S. Agostinho

terça-feira, 7 de Setembro de 2010

Carta a uma amiga que partiu

Olá Áurea !
Minha querida amiga e colega de tantos e tantos anos.
Não esperava que me surpreendesses assim tão definitivamente.
Deixaste tanta gente que te amava e partiste com o teu sorriso maroto.
O teu maior desejo era ver todos felizes, principalmente as criaças.
Sempre atenta às necessidades dos outros e agias sempre para prestar a ajuda necessária.
Deixaste tantos projectos para tràs...
Os teus poemas que criavas com tanto talento e as tertulias que organizaste...
As estórias contadas às ciranças e as estórias e lendas de encantar contadas a todos os que gostavam de te ouvir.
As palhaçadas no Carnaval e não só.
O dia do teu aniversário, nunca conheci ninguém que celebrasse a vida assim com tanta alegria.
Os teus jovens da catequese e as campanhas que sempre faziam no natal  sempre para auxiliar alguém que precisasse.
As nossas horas de almoço, lá na sala a descansar e a crochetar para as nossas netas.
Tinhamos ainda tanta coisa para partilhar.
Mas tu partiste e agora fisicamente não te poderei mais encontrar e dizer olá sorrindo.
Mas tu partiste subitamente para o plano espiritual e agora estás em paz e tranquilamente nos observas atenta.
Descansarás um pouco até te abituares à tua nova vida eterna.
Logo encontrarás o que fazer; dar a mão às crianças e fazer uma canção de roda, algum jogo ou uma corrida bem animada.
depois virás em sonhos confortar os teus amados e encaminhá-los neste vale de lágrimas. 
Se puderes passa por aqui, gostava tanto que me pudesses visitar em sonho, será que é pedir muito?
Dá beijinhos aos nossos meninos e amigos que te receberam aí, o Tó Zé, a Carina o Frederico,a nossa amiga Jú e todos os que contigo privarem.
Fica em paz amiga e não te esqueças de nós.
Beijinho da "Guiga"

sábado, 19 de Junho de 2010

Homenagem a José Saramago 18/06/2010


José Saramago , o Homem , o Escritor
UM ATEU convicto Que jamais se esqueceu de Deus.
Este Mundo Não presta , Outro Venha .

Por tempo demais Já Andamos Aqui
A fingir de Razões suficientes .
Sejamos cães do Cão: Tudo Sabemos
De morder OS Mais fracos se mandamos ,
E de lamber Como Mãos , se dependentes .



( "Os Poemas Possíveis " , José Saramago, 1966)

domingo, 2 de Maio de 2010

Homenagem às mães

"Dia da mãe", autor António de Aboim Sales, Poeta Turquelense
recebido via email.

Mãe
Recordo-te para sempre.

Deste-me a vida, e o que tenho,
deste-me sangue amor e o pouco engenho,
os mimos e as noites em que sonho,
e que por mim, por este ser bisonho,
quantas perdeste.

Os olhos com que vejo amor e tanto mar,
rejeitanto tudo o que é agreste
fizeram-me de ti sempre guardar,
em luar de promessas, tão celeste
todas as prendas deste acordado sonhar,
todas as que dar, tu me pudeste


Quiseste-me melhor que eu soube ser.
Limpaste-me lágrimas e fraldas a corar
perfumaste com teus cheiros a limpo.
Foste em meu crescer, levadas,
onde correu ás golfadas
todo o leite, o mel e o absinto,
ensinando-me, que no Olimpo
há Deuses que por nós estão a velar

Deste-me força para conhecer do Mundo
o seu melhor, tirando a dor,
vendo o que é profundo,
ajudando a erguer,
para não sofrer
o mais andrajoso vagabundo

Aqui vou, em peregrinação,
em renovação, crente sendo ateu,
empurrado por teu doce fado,
teu leve coração,
de Mãe. Senhora minha..

…Raínha da Consolação.
Que tudo deu a este Zé ninguém,
só por ser fruto desse teu amar,
só porque me concebeste,
criaste, recebeste,
emudeceste,
como a luz que vem,
do sempre eterno milagre… de Belém.

Com o tanto e o tudo que me deste,
tornando doce aquele que era agreste,
fazendo adoçar com o teu peito,
o bravo rio sem lar deste sujeito,
que a paz só alcançou
em teu aveludado e doce leito.

Azedas, urzes,rebeldes espinhos,
com teus carinhos os reduzes
e depois de ti, se revelaram luzes
de belo e alto efeito e mil caminhos

Minha mãe se sou alguém,
Longe ainda do que foi o teu desejo
Se eu simplesmente,
este ser sou,
com ou sem relevo
só a ti o devo,
a esse teu ensejo

Toma de mim um beijo,
meu lindo trevo
verde de esperança,
confiável bonança
protectora da criança
que por ti guardo,
nas canções que, como bardo,
canto recordando o encanto
de teu enlevado estar,

de teu sorriso-tear,tecendo
o sempre ser, o sempre dar,
de toda a minha vida me encantares.

Em teu filho que ternamente sou,
reconhecida e eternamente
dentro de mim,ficou,
como a pairar, em despedida,
vivo dormente,mas sem fim,
teu cheiro a malva, jasmim e margarida,

que conservo dentro do meu peito
e que das dores, tanto me salva,
por ter sido o teu amor-perfeito.
Tu foste o esboço
de todas as mulheres
do fruto do desenho, o seu caroço,
pelo muito que me quiseste e sempre queres

Teus loiros cabelos em caracóis, como seara,
enquadravam um olhar azul de mil sóis
que reluzia, como jóia cara,
da mais bela fantasia,
mais que as mil pedras que perfazem a teara,
de tua eterna brandura e alegria,
em fins de tarde, em madrugadas raras.
Só tu e eu, onde do breu, fazias dia.

Se me ousam dizer, que te despediste
em fim de noite triste,
que já não estas
que não existes,
eu sei sentir o quanto,
em riso ou pranto de Orixás,
comigo, para todo o sempre…ficarás





Poema à Mãe de Eugénio de Andrade


No Mais Fundo de ti
Eu sei que te trai, mãe.

Tudo PORQUE Já sou Não
O menino Adormecido
No fundo dos Olhos Teus.

PORQUE ignoras Tudo
Que HÁ leitos Onde o frio Não Demora se
E Noites rumorosas de Águas matinais.

Por isso, às vezes, como palavras que te digo
São duras, mãe,
E o Nosso Amor É infeliz.

PORQUE perdi Tudo como rosas brancas
Que apertava Junto AO Coração
Nenhum retrato da moldura.

Se soubesses Como Ainda amo como rosas,
Talvez não enchesses como horas de pesadelos.

Mas tu esqueceste Muita Coisa;
Esqueceste Que como minhas pernas cresceram,
Que todo o Cresceu Corpo meu,
E Até o Meu Coração
Ficou ENORME, mãe!

Olha - Queres Ouvir-me? -
Às Vezes Ainda sou o menino
adormeceu Que nsa Olhos Teus;

Ainda aperto contra o Coração
Rosas brancas Tão
Como a moldura nd Que dezenas;

Ainda oiço um Tua Voz:
Era Uma Vez Uma Princesa
No meio do Laranjal ...

Mas - tu sabes - a ENORME e noite,
E todo o Meu Corpo Cresceu.
Eu Saí da moldura,
Dei como aves Os Olhos Meus uma Beber.

Não me esqueci de nada, mãe.
Guardo um Tua Voz Dentro de MIM.
E Deixo como rosas.

Boa noite. Eu Vou como com aves.

Feliz dia das Mães !!!!!

domingo, 25 de Abril de 2010

1ª Feira de ARTESANATO em Turquel

Foi  inaugurada hoje, dia 25 de Abril pelas 10,30 da amanhã a 1ª Feira de artesanato oprganizada pela ADEPART.
Estão presentes cerca de 40 artesãos com variadíssimos maravilhosos trabalhos.
Não deixe de visitar esta feira que decorre até ao próximo domingo dia 2 de Maio e compre aqui os seus presentes para o dia da mãe.

Teremos hoje às 15 horas  uma actuação de acordeonistas e às 16 horas actuarão um grupo de Alentejanos que animarão a feira .
Vai ser bem animado.

bjs da avó Guida

domingo, 21 de Março de 2010

DIA DA POESIA

Recebi da minha amiga Áurea este poema por email, foi a forma como ela sentiu este dia da poesia, ao fazer este belo poema sobre o dia da poesia.
obrigada Áurea.
bjs
Guida

Dia da poesia


Este dia da poesia
Também devia ser do fado
Estão os dois em harmonia
Muito, muito em sintonia
E caminham lado, a lado

O Poeta é sonhador
Passa noites sem dormir
Ele escreve com amor
Quantas vezes sua dor
Escreve o que está a sentir

Ser poeta! É ir mais longe
É sonhar com as estrelas
É trazer no coração
Bem juntinho em união
O amor de muitas elas

Quando gostamos de alguém
E esse alguém nos é querido
A vida vai mais além
Digo até! Tem mais sentido!!!

Quem viver com dignidade
Tem valiosa virtude
Se lhe juntar humildade
Tem uma nobre atitude!

Quem o seu amor perdeu
De certo não vive bem
Por algo se corrompeu
E é triste! Digo eu!
Não ter amor de ninguém

Nesta vida se andas triste
E a vives a chorar
Porque o amor não te assiste
Mas mesmo assim, não desiste
Só para te chatear...

Acaba com tudo e diz
Pára! Não quero sofrer!
Ainda és aprendiz
Tens muito para viver...

P´lo amor damos a alma
E também o coração
Tudo em nós é encanto
Anulamo-nos do pranto
Às vezes! Com ilusão

Hoje também é o dia
Em que chega a Primavera
Estação que trás magia
Muitas flores com alegria
Pois já há tempo, se espera

Viva o dia da Poesia
Viva o dia do Amor
Viva o dia da Alegria
Viva o dia da Folia
Viva o dia do Senhor…

BJO

Áurea da Mata

DIA DA ÁRVORE E DA POESIA

A árvore
A árvore é nossa amiga,
Dá-nos sombra, dá - nos vida,
O lápis para escrever
E o papel para fazer o livro.

Hoje, neste dia tão importante,
Quero-te pedir desculpa,
Pelo que podia ter feito e não fiz ...
Pelo que podia ter falado e não falei ...
Mas, amanhã, tudo vai ser diferente!

Vou-me esforçar
Para lembrar aos outros
Que a ti, árvore, Respeitar Devem te.

Autor Flávio Matheus

Fonte: Foto e Poema da internet

Não podia deixar de assinalar aqui no blog da avó, dia este Celebração dupla com, Dia da Árvore e da poesia, como também árvores nos favorecem e inspiram àpoesia-românticos nos ambientes bem.
bjs
Avó Guida

sábado, 20 de Março de 2010

Aagradecimento a todos os voluntários do "Limpar Portugal"



















Dia memorável, "Limpar Portugal".
Foi concerteza a primeira de muitas iniciativas que libertam a natureza de muitos lixos, que muitos palermas fazem questão de deixar espalhados por onde passam.
Assim vamos receber a Primavera com a casa limpa e arrumada, que beleza.
Beijinhos da avó Guida

sexta-feira, 19 de Março de 2010

Feliz dia dos Pais

Desejo a todos os pais um dia muito feliz junto dos seus filhos, para dar e receber muitos miminhos.
bjs da avó Guida

domingo, 28 de Fevereiro de 2010

Fraldinhas para o Duarte

Estas fraldinhas são para o Duarte, um bebé que nasceu este mês e que é muito fofo.
Parabéns aos pais.

Arco-íris


Estas fotos são da minha autoria, tirei-as da minha janela.
Ao fundo está a serra dos Candeeiros e um maravilhoso arco-íris .

Vestido de Princesa

Este ano o Carnaval foi uma festa.
Fiz um vestido para a minha princesa brincar no Carnaval, ela adorou e divertiu-se muito e eu também.

Linhas de bordar

A minha caixa de linhas de bordar estava uma grande confusão, esta semana com um pedaço de cartão de caixas de sapatos cortei estes cartões e resolvi arrumar tudo.
Com as pontas mais pequenas,   restos de outros trabalhos alinhei-os todos neste pedaço de feltro branco, agora é um regalo abrir a caixa e encontrar tudo ordenado.

domingo, 10 de Janeiro de 2010

Poncho e gorro

De regresso às agulhas e aos fios fiz este pequeno trabalho para alegria de uma menina muito querida.
Usei fio da Rosários agulha nº4 e meio ponto alto de crochet.















Beijinhos da avó Guida

segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

Cortar o tempo

CORTAR O TEMPO de Carlos Drummond de Andrade

Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano
se cansar e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez
com outro número e outra vontade de acreditar
que daqui para adiante vai ser diferente...
...Para você,
Desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.

Para você,
Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir.
Todas as músicas que puder emocionar.
Para você neste novo ano,
Desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
Que sua família esteja mais unida,
Que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas.
Mas nada seria suficiente...
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto, ao rumo da sua
FELICIDADE!!!

quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

*-*-*- FELIZ *-*-*- ANO NOVO*-*-*-

Neste último dia em que o velho ano se despede de nós para nunca mais voltar, recebi este belo presente, via email e resolvi partilhar com todos os meus visitantes e amigos, desejando que o novo ano chegue bem de mansinho assim, novinho em folha, para nos ajudar a todos a realizar os nossos projectos e alcansar todos os sonhos guardados lá no fundo dos corações.
Que ele nos traga muita, mas mesmo muita saúde para que possamos viver a felicidade todos os dias de 2010
feliz ano Novo .

Beijinhos da avó Guida
*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-
Receita de ano novo
Para você ganhar belíssimo Ano Novo
Cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)


Para você ganhar um ano
Não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
Mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
Novo
Até no coração das coisas menos percebidas


(a começar pelo seu interior)
Novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,


Mas com ele se come, se passeia,
Se ama, se compreende, se trabalha,
Você não precisa beber champanhe ou qualquer outra birita,
Não precisa expedir nem receber mensagens


(planta recebe mensagens?
Passa telegramas?)
Não precisa
Fazer lista de boas intenções
Para arquivá-las na gaveta.


Não precisa chorar arrependido
Pelas besteiras consumadas
Nem parvamente acreditar
Que por decreto de esperança


A partir de Janeiro as coisas mudem
E seja tudo claridade, recompensa,


Justiça entre os homens e as nações,
Liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
Direitos respeitados, começando
Pelo direito augusto de viver.


Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,


Você, meu caro, tem de merecê-lo,
Tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
Mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
Cochila e espera desde sempre.


Carlos Drummond de Andrade

quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

Natal de Quem???????????

NATAL DE QUEM?


Mulheres atarefadas

Tratam do bacalhau,
Do peru, das rabanadas.



-- Não esqueças o colorau,
O azeite e o bolo-rei!
- Está bem, eu sei!
- E as garrafas de vinho?
- Já vão a caminho!

- Oh mãe, estou pr'a ver
Que prendas vou ter.
Que prendas terei?
- Não sei, não sei...



Num qualquer lado,
Esquecido, abandonado,
O Deus-Menino
Murmura baixinho:



- Então e Eu,
Toda a gente Me esqueceu?

Senta-se a família
À volta da mesa.
Não há sinal da cruz,
Nem oração ou reza.

Tilintam copos e talheres.
Crianças, homens e mulheres
Em eufórico ambiente.
Lá fora tão frio,
Cá dentro tão quente!



Algures esquecido,
Ouve-se Jesus dorido:

- Então e Eu,
Toda a gente Me esqueceu?



Rasgam-se embrulhos,
Admiram-se as prendas,
Aumentam os barulhos
Com mais oferendas.



Amontoam-se sacos e papeis
Sem regras nem leis.
E Cristo Menino
A fazer beicinho:
- Então e Eu,
Toda a gente Me esqueceu?



O sono está a chegar.
Tantos restos por mesa e chão!
Cada um vai transportar
Bem-estar no coração.
A noite vai terminar
E o Menino, quase a chorar:
- Então e Eu,
Toda a gente Me esqueceu?



Foi a festa do Meu Natal
E, do princípio ao fim,



Quem se lembrou de Mim?
Não tive tecto nem afecto!
Em tudo, tudo, eu medito
E pergunto no fechar da luz:



- Foi este o Natal de Jesus?!!!



(João Coelho dos Santos
in Lágrima do Mar - 1996)
O meu mais belo poema de Natal



*******************************
Boas Festas
Feliz Natal

sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

Dia universal das crianças

Como avó responsável que sou, preocupa-me muito os problemas e o sofrimento das crianças, não só nos paises longínquos, mas os que vivem aqui perto de mim.

É dificil chegar a esta triste conclusão de que as crianças continuam a sofrer, apesar de terem os seus direitos assegurados pela lei.

Fiz uma pequena pesquisa e não foi dificil mostrar como dois países opostos como os EUA e a Somália ainda não subscreveram a convenção dos direitos das crianças.
 - Vamos lá Senhor Barak Obama, presidente dos EUA, como é que recebeu o Prémio Nobel da Paz sem ter subscrito a convenção dos direitos das crianças??? Que grande decepção!

CONVENÇÃO SOBRE OS DIREITOS DA DAS CRIANÇAS APROVADOS PELAS NAÇÕES UNIDAS



ARTIGO 1ºTodas as pessoas com menos de 18 anos têm todos os seus direitos escritos nesta convenção.


ARTIGO 2º Tens todos esses direitos seja qual for a tua raça, sexo, língua ou religião. Não importa o país onde nasceste, se tens alguma deficiência, se és rico ou pobre.

ARTIGO 3ºQuando um adulto tem qualquer laço familiar ou responsabilidade sobre uma criança, deverá fazer o que for melhor para ela.

ARTIGO 6ºToda a gente deve reconhecer que tens direito à vida.

ARTIGO 7ºTens direito a um nome e a ser registado, quer dizer, o teu nome, o dos teus pais e a data em que nasceste devem ser registados. Tens direito a uma nacionalidade e o direito de conheceres e seres educado pelos teus pais.ARTIGO 8ºDeves manter a tua identidade própria, ou seja, não te podem mudar o nome, a nacionalidade e as tuas relações com a família e menos que seja melhor para ti. Mesmo assim, deves poder manter as tuas próprias ideias.

ARTIGO 9º Não deves ser separado dos teus pais, excepto se for para teu próprio bem, como por exemplo, no caso dos teus pais te maltratarem ou não cuidarem de ti. Se decidirem separar-se, tens de ficar a viver com um deles, mas tens o direito de contactar facilmente com os dois.

ARTIGO 10ºSe os teus pais viverem em países diferentes, tens direito a regressar e viver junto deles.

ARTIGO 11ºNão deves ser raptado mas, se tal acontecer, o governo deve fazer tudo o que for possível para te libertar.

ARTIGO 12ºQuando os adultos tomam qualquer decisão que possa afectar a tua vida, tens o direito a dar a tua opinião e os adultos devem ouvir seriamente o que tens a dizer.

ARTIGO 13º Tens direito a descobrir coisas e dizer o que pensas através da fala, da escrita, da expressão artística, etc., excepto se, quando o fizeres, estiveres a interferir com o direito dos outros.

ARTIGO 14ºTens direito à liberdade de pensamento e a praticar a religião que quiseres. Os teus pais devem ajudar-te a compreender o que está certo e o que está errado.

ARTIGO 15ºTens direito a reunir-te com outras pessoas e a criar grupos e associações, desde que não violes os direitos dos outros.

ARTIGO 16ºTens direito à privacidade. Podes ter coisas como, por exemplo, um diário que mais ninguém tem licença para o ler.

ARTIGO 17ºTens direito a ser informado sobre o que se passa no mundo através da rádio, dos jornais, da televisão, dos livros, etc. Os adultos devem ter a preocupação de que compreendes a informação que recebes.

ARTIGO 18º Os teus pais devem educar-te, procurando fazer o que é melhor para ti.

ARTIGO 19ºNinguém deve exercer sobre ti qualquer espécie de maus tratos. Os adultos devem proteger-te contra abusos, violência e negligência. Mesmo os teus pais não têm o direito de te maltratar.

ARTIGO 20ºSe não tiveres pais, ou se não for seguro que vivas com eles, tens direito a protecção e ajuda especiais.

ARTIGO 21º Caso tenhas de ser adoptado, os adultos devem procurar ter o máximo de garantias de que tudo é feito da melhor maneira para ti.

ARTIGO 22ºSe fores refugiado (se tiveres de abandonar os teus pais por razões de segurança), tens direito a protecção e ajuda especiais.

ARTIGO 23ºNo caso de seres deficiente, tens direito a cuidados e educação especiais, que te ajudem a crescer do mesmo modo que as outras crianças.

ARTIGO 24º Tens direito à saúde. Quer dizer que, se estiveres doente, deves ter acesso a cuidados médicos e medicamentos. Os adultos devem fazer tudo para evitar que as crianças adoeçam, dando-lhes uma alimentação conveniente e cuidando bem delas.

ARTIGO 27ºTens direito a um nível de vida digno. Quer dizer que os teus pais devem procurar que não te falte comida, roupa, casa, etc. Se os pais não tiverem meios suficientes para estas despesas, o governo deve ajudar.

ARTIGO 28ºTens direito à educação. O ensino básico deve ser gratuito e não deves deixar de ir à escola. Também deves ter possibilidade de frequentar o ensino secundário.

ARTIGO 29º A educação tem como objectivo desenvolver a tua personalidade, talentos e aptidões mentais e físicas. A educação deve, também, preparar-te para seres um cidadão informado, autónomo, responsável, tolerante e respeitador dos direitos dos outros.

ARTIGO 30ºSe pertenceres a uma minoria, tens o direito de viver de acordo com a tua cultura, praticar a tua religião e falar a tua própria língua.

ARTIGO 31ºTens direito a brincar.

ARTIGO 32º Tens direito a protecção contra a exploração económica, ou seja, não deves trabalhar em condições ou locais que ponham em risco a tua saúde ou a tua educação. A lei portuguesa diz que nenhuma criança com menos de 16 anos deve estar empregada.

ARTIGO 33ºTens direito a ser protegido contra o consumo e tráfico de droga.

ARTIGO 34ºTens o direito a ser protegido contra abusos sexuais. Quer dizer que ninguém pode fazer nada contra o teu corpo como, por exemplo, tocar em ti, fotografar-te contra a tua vontade ou obrigar-te a dizer ou a fazer coisas que não queres.

ARTIGO 35ºNinguém te pode raptar ou vender.

ARTIGO 37º Não deverás ser preso, excepto como medida de último recurso e, nesse caso, tens direito a cuidados próprios para a tua idade e visitas regulares da tua família.

ARTIGO 38ºTens direito a protecção em situação de guerra.

ARTIGO 39ºUma criança vítima de maus tratos ou negligência, numa guerra ou em qualquer outra circunstância, tem direito a protecção e cuidados especiais.

ARTIGO 40º Se fores acusado de ter cometido algum crime, tens direito a defender-te. No tribunal, a polícia, os advogados e os juizes devem tratar-te com respeito e procurar que compreendas o que se está a passar contigo.

ARTIGO 42ºTodos os adultos e crianças devem conhecer esta Convenção. Tens direito a compreender os teus direitos e os adultos também.


Um beijinho da avó Guida

sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Dia da 3ª idade


Celebrou-se ontem  dia 1 de Outubro o dia da 3ª idade.
Esta imagem é bem sugestiva para celebrar o dia da 3ª idade.
Desejo que a alegria seja uma presença na vida dos nossos idosos.

bjs da avó Guida

sábado, 12 de Setembro de 2009

Dia Internacional do crochet

Hoje celebra-se o dia Internacional do crochet.
Quero assinalar o dia agradecendo a todas que amam esta arte e a divulgam de forma tão importante aqui na net, atravez dos blogs, grupos de crochet e não só, partilhando os trabalhos realizados e os imensos modelos e ensinando os variadissimos pontos utilizados, para todas vão os meus parabéns, e continuem a divulgar esta arte que alguns consideravam antiquada e que só as velhinhas faziam.
Está demostrado que não é verdade e que todas as faixas etárias o fazem mostrando a sua arte e beleza.
Umas como terapia ocupacional , outras profissionalmente.
Beijinhos a todas as crocheteiras.

Avó Guida

domingo, 26 de Julho de 2009

DIA DOS AVÓS

Hoje celebra-se o dia de S. Joaquim e S. Ana pais de N. Senhora e avós do Menino Jesus
Escolheu-se este dia para homenagear os avós.
Como eu já sou avó, sinto-me muito lisongeada pela celebração deste dia e desejo a todos os avós que tenham um dia muito feliz com muitos miminhos dos seus netos.
Hoje no adro da minha Igreja havia actividades dedicadas aos avós e aos seus netos, havia algumas guloseimas , uns presentinhos e muita diversão, canções, e jogos tradiccionais.
Eu escolhi o pião para jogar, e confesso que ainda não lhe perdi o geito , pois o meu pião rodava, que rodava.

Também saltei á corda.
Fiquei feliz pois houve um grupo de pessoas que voluntáriamente se disponibilizou para honrar quem tudo deu á comunidade, ao trabalho e á família e agora precisa de alguma atenção.
Obrigada e parabéns pelo evento.
Adorei!!!!!!!

Beijinhos a todos os netinhos
Avó Guida

quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Caixinha alfineteiro


Aproveitei uma caixinha de Ferrero Rocher para fazer este agulheiro, na tambá acopulei a almofadinha para os alfinetes.
Na caixinha guado alguns objectos pequenos que uso para costurar.
Espero que gostem
bjs da avó Guida

sexta-feira, 12 de Junho de 2009

S. António de Lisboa

Grande festa de S. António em Lisboa, com os casamentos de S. António seguidamente uma noite incomparável de marchas populares que desfilam pela avenida, vá e divirta-se.

sábado, 23 de Maio de 2009

BOLSA PELÍCULA DE FOTOS DE FÉRIAS E CROCHET

Criei esta bolsa feita com as películas de fotos de viagem e chamar-lhe-ei bolsa de férias.

Eu tinha guardados por algum tempo muitas películas de fotos, como não me interessavam mais e resolvi reciclá-las.
Mostro aqui e espero que gostem. bjkas da avó Guida

sexta-feira, 22 de Maio de 2009

A lição do Bambu Chinês

Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada.
Durante cinco anos, todo o crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu.
Mas, uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical e horizontalmente pela terra está a ser construída.
Um escritor americano escreveu:
“Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês”:
você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento, e, às vezes não vê nada por semanas, meses, ou anos.
Mas, se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu 5º ano chegará, e, com ele, virão um crescimento e mudanças que você jamais esperava...
O bambu chinês ensina-nos que não devemos facilmente desistir de nossos projetos, de nossos sonhos... especialmente no nosso trabalho,
(que é sempre um grande projeto em nossas vidas)
É que devemos lembrar do bambu chinês, para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão.
Tenha sempre dois hábitos:
Persistência e Paciência, pois você merece alcançar todos os sonhos!!!
É preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão.


Recebi por email esta grande lição , neste tempo em que vivemos em grande stress querendo ver rápidamente o esforço do nosso trabalho, temos de aprender com o Bambu a crescer e fortalecermo-nos com muita paciência.
bjkas da avó Guida

sábado, 25 de Abril de 2009

TAPETE REDONDO EM TRAPILHO

FIZ ESTA EXPERIÊNCIA E ACHO QUE FICOU BONITO ESTE TAPETE EM TRAPILHO.

PONTO BAIXO DE CROCHET.

DUAS CORES EM VERDE DE TRAPILHO

100 CM DE DIÂMETRO

BJS

AVÓ GUIDA

VINTE CINCO DE ABRIL SEMPRE


Era uma vez… um país, oprimido, triste e envergonhado pela opressão.
Quem vivia nesse país sentia-se amordaçado pelas forças castradoras .
As pessoas queriam sorrir, mas o riso era proibido, as pessoas queriam dançar, mas as forças silenciavam a música.
As pessoas queriam chorar, mas as lágrimas murchavam de dor.
E as crianças queriam brincar , mas faltava-lhes um lugar para sonhar.
Um dia , de Abril, tudo mudou…
Ouvia-se pelas ruas , praças e avenidas :
Viva a liberdade! Viva a liberdade!
As ruas enchiam-se de gritos, choros, abraços e sorrisos.
A musica incendiava as ruas… e cantava-se com paixão :
Grândola Vila Morena … o povo é que mais ordena.
E aquele país triste e cinzento, desabrochou…
E os pais , as mães , as crianças, os tios e primos e os avós juntaram-se numa enorme e redonda roda de liberdade, e entoavam alegremente… vinte cinco de Abril para sempre.
Texto Vanda Furtado Marques
bjs da avó guida

quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Chinelos de trapilho e crochet

COMO O MODELO FOI APROVADO REPETI A DOSE
Mais um par de chinelos de quarto ligeiramente diferentes dos anteriores.
São muito confortáveis de usar e fáceis de lavar.


Bjkas da avó Guida